Insuficiência cardíaca: o que é e quais são os sintomas?

Quando o coração se torna incapaz de bombear de forma adequada o sangue, é porque estamos diante de um quadro de insuficiência cardíaca (IC). E essa situação não pode, em hipótese alguma, ser negligenciada, uma vez que todo o organismo sofre com ela.

E para que você saiba mais sobre a insuficiência cardíaca, não deixe de conferir este nosso novo conteúdo. Acompanhe e boa leitura!

O que é a insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é uma síndrome caracterizada pela incapacidade do coração de bombear o sangue de forma adequada. Com isso, o funcionamento de todo o organismo é afetado e se ela não é tratada de forma adequada, há redução da qualidade de vida e a sobrevida do paciente.

Por sua vez, a insuficiência cardíaca pode acometer os ventrículos esquerdo e/ou direto do coração e pode  ser de dois tipos:

  • Sistólica: quando existe déficit de contração;
  • Diastólica: quando há alteração de relaxamento das câmaras cardíacas.

Causas da insuficiência cardíaca

Entre as causas mais comuns da insuficiência cardíaca  podemos destacar os seguintes fatores que podem agir de forma isolada ou em conjunto:

Outras causas incluem:

  • Doenças que acometem as válvulas cardíacas, degenerativas ou inflamatórias, como a doença reumática; 
  • Doenças congênitas;
  • Etilismo;
  • Doenças genéticas;
  • Doenças auto-imunes;
  • Doenças inflamatórias (periparto);
  • Doenças por toxicidade, como pode acontecer nos casos de tratamento de câncer, anorexígenos e simpatomiméticos;
  • Doenças infecciosas, em geral as virais ou causadas por parasitas, como a doença de Chagas.

Sintomas da insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca, ao fazer com que o coração perca a capacidade de contrair e/ou relaxar de forma adequada, faz com que aconteça um acúmulo progressivo de sangue nos pulmões que, por sua vez causa os seguintes sintomas:

  • Intolerância ao exercício;
  • Falta de ar ao deitar;
  • Fraqueza;
  • Astenia (perda ou diminuição da força física);
  • Tosse seca.

Já por conta do acúmulo de sangue no organismo como um todo pode acontecer inchaço nas pernas e no abdome.

Diagnóstico da insuficiência cardíaca

O diagnóstico da insuficiência cardíaca é clínico e feito por meio do histórico do paciente de  intolerância aos esforços, falta de ar ao deitar e inchaço nos membros inferiores ou abdome.

Devem ser realizados exames físicos para que se avalie o acúmulo de sangue nos pulmões e no organismo como um todo, bem como o ecocardiograma (ou ecocardiograma com Doppler que abrange os métodos de diagnóstico da estrutura e do funcionamento do coração baseados no uso de ultrassom).

Como tratar a insuficiência cardíaca

É fundamental estabelecer a causa da insuficiência cardíaca, já que isso pode implicar em tratamentos específicos. Mas o uso de diuréticos e a restrição do consumo de sal é parte fundamental para o alívio dos sintomas, já que a doença causa o acúmulo de líquido nos pulmões e no organismo como um todo.

Outros medicamentos também podem entrar em ação estabilizando ou até mesmo revertendo a disfunção cardíaca. 

Em casos específicos pode ser necessário o uso de marcapasso ou de cardiodesfibrilador implantável, reduzindo-se assim os riscos de morte súbita por arritmia. 

Podem ainda ser considerados alguns procedimentos cirúrgicos, em especial para correção de cardiopatias congênitas, revascularização miocárdica quando existe doença arterial coronariana obstrutiva e troca das válvulas cardíacas, quando essas estiverem comprometidas.   

Por fim, em casos mais graves, pode ser necessária a realização de um transplante cardíaco. 

Como prevenir a insuficiência cardíaca

A melhor forma de prevenir a insuficiência cardíaca é prevenindo os fatores de risco cardiovasculares, tais como: hipertensão arterial, diabetes, dislipidemia, tabagismo e sedentarismo. 

Outras ações de prevenção são a redução da ingestão de álcool, acompanhamento de familiares de pacientes com insuficiência cardíaca com causa indeterminada, bem como de pacientes que fazem uso de certos quimioterápicos.

E aí, nosso conteúdo foi útil pra você? E agora que você já sabe que a hipertensão é uma das causas da insuficiência cardíaca, bem como do infarto e do AVC, mantenha a pressão arterial sob controle fazendo o monitoramento diário com um aparelho de pressão digital.

Aqui você encontra artigos sobre hipertensão, além de indicações dos melhores produtos para melhorar a sua qualidade de vida e também dicas para prevenção desta e outras patologias relacionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *