Como medir a pressão com aparelho digital de braço: aprenda agora!

como medir a pressão com aparelho digital de braço

Para saber como medir a pressão com aparelho digital de braço, você precisa ter em mente que não é só o modelo do aparelho de pressão que influencia, mas seu posicionamento e o ambiente onde será feita a aferição também.

O aparelho de pressão digital é muito prático de manusear. O modelo mais indicado para o uso doméstico é o aparelho de braço, isso porque ele tem uma aferição mais precisa que o aparelho de pulso. 

Ter um aparelho de pressão em casa é muito útil não só para quem já foi diagnosticado com problemas de pressão. Se alguém passa mal, seja uma sensação de desmaio, tontura ou falta de ar, vale a pena averiguar se a alteração foi na pressão arterial ou não.

É importante ter esse conhecimento para fazer os cuidados adequados e, em casos mais graves, levar o enfermo até a emergência mais próxima. A hipertensão, por exemplo, é uma doença silenciosa e que pode surgir sem causar sintoma grave algum.

Conhecendo o aparelho de pressão de braço

O aparelho de pressão de braço é composto pelo aparelho com visor digital, um fio que conecta o motor com a braçadeira e a própria braçadeira. Esta, por sua vez, pode ser encontrada em diversos tamanhos.

No visor digital é possível conferir a pressão sistólica (SIS), diastólica (DIA) e os batimentos cardíacos. Quando no visor aparece SIS 140 e DIA 90, podemos dizer que a pressão aferida está em 14 por 9.

O fio que conecta o aparelho à braçadeira serve para inflá-la. A braçadeira, por sua vez, vende-se separadamente. Assim você não precisa comprar um aparelho novo só porque a braçadeira ficou pequena ou grande demais.

Vantagens do aparelho de pressão digital de braço

Como citamos no começo deste artigo, o aparelho de pressão digital de braço é muito mais preciso do que o aparelho de pressão digital de pulso. Inclusive, para idosos e pessoas com sobrepeso, o aparelho de braço costuma ser o mais indicado.

O aparelho de pulso usa as artérias do punho para aferir a pulsação e definir quanto está a pressão arterial. Como pessoas acima de 60 anos e pessoas com sobrepeso costumam ter essas artérias mais finas, o aparelho de pulso acaba tendo dificuldade em localizá-la.

Por isso, o aparelho de braço é o mais indicado. As artérias localizadas nesta região podem ser localizadas mais facilmente, o que garante uma aferição mais precisa. Sua única desvantagem é não ser tão portátil quanto o de pulso.

Como medir a pressão com aparelho digital de braço

Antes de aferir sua pressão arterial, lembre-se de que isto não deve ser feito 30 minutos antes ou depois de comer, fazer exercícios, tomar banho, beber álcool ou fumar.

O primeiro passo é encontrar um ambiente tranquilo, sentar-se e repousar, com os pés apoiados no chão, por pelo menos 5 minutos antes de aferir a pressão. Lembre-se que falar ou fazer movimentos bruscos durante a aferição pode interferir no resultado.

Acompanhe agora o passo a passo:

  1. Sente-se com as costas eretas;
  2. Apoie o braço, com a mão virada para cima, em uma mesa na altura do coração;
  3. Coloque a braçadeira 2 cm acima da dobra do braço;
  4. Ajuste-a de forma que o fio fique por cima do braço;
  5. Aperte o botão de ligar no visor e aguarde.

O resultado aparecerá em poucos segundos. Para compreender melhor, acompanhe o vídeo a seguir mostrando a aferição com o aparelho HEM 7113 da Omron:

Hipertensão: como saber se a pressão arterial está boa?

Agora que você já aprendeu como medir a pressão com aparelho digital de braço, você precisa aprender o que significa os resultados que vão aparecer no visor, ou seja, saber se a sua pressão arterial está alta, baixa ou normal.

Segundo o Departamento de Pressão Arterial da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a partir dos valores de referências para adultos acima de 18 anos, é possível classificar os valores normais, normal limítrofe (pré-hipertensão), hipertensão leve, moderada, grave e sistólica isolada.

Pressão arterial normal

Uma pressão normal é aquela menor ou igual a 13 por 8. Ou seja, quando a pressão sistólica é igual ou menor que 130 mmHg e diastólica é igual ou menor que 85 mmHg.

Normal Limítrofe (pré-hipertensão)

A pressão normal limítrofe é o ponto em que a pessoa ainda tem chances de se prevenir para não chegar à um quadro de hipertensão. Então, uma pressão sistólica entre 130 e 139 mmHg e uma pressão diastólica entre 85 e 89 mmHg é normal, mas requer sua atenção.

Hipertensão leve (estágio 1)

Quando o resultado mostra pressão sistólica entre 140 e 159 mmHg e pressão diastólica entre 90 e 99 mmHg. Ou seja, uma pressão 14 por 9 já é uma hipertensão de estágio 1.

Hipertensão moderada (estágio 2)

Quando a pressão sistólica está entre 160 e 179 mmHg e a pressão diastólica está entre 100 e 109 mmHg. Sendo assim, uma pressão 16 por 10 é moderada.

Hipertensão grave (estágio 3)

A hipertensão de estágio 3 é quando a pressão sistólica está igual ou maior que 180 mmHg e a pressão diastólica está igual ou maior que 110 mmHg.

Hipertensão sistólica isolada

Pode acontecer da sua pressão sistólica estar alta e a sua pressão diastólica estar baixa. Se a SIS estiver acima de 140 mmHg e a DIS estiver abaixo de 90 mmHg, esse pode ser o seu caso e também é considerado hipertensão.

Onde consigo um bom aparelho de pressão digital de braço?

Nas lojas Maconequi você encontra uma diversidade de aparelhos de pressão, sejam manuais ou digitais, incluindo aparelhos de braço com os melhores preços e as melhores marcas. Não deixe de conferir!

Aqui você encontra artigos sobre hipertensão, além de indicações dos melhores produtos para melhorar a sua qualidade de vida e também dicas para prevenção desta e outras patologias relacionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *